O comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Paulo Coutinho, recebeu a imprensa, na manhã desta segunda-feira (29), na sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), para prestar esclarecimentos sobre a ação da PM na contenção do policial Wesley Soares. No domingo (28), Wesley dirigiu-se ao Farol da Barra, em Salvador, aparentando um quadro de surto psicótico e, por volta das 14h, começou a atirar com um fuzil, primeiramente para o alto e, no final da tarde, contra a própria tropa da Polícia Militar presente no local, colocando em risco também a vida dos moradores da região. Ele foi neutralizado e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde acabou morrendo no final da noite.