Denúncias sobre casos de assédio, machismo, homofobia e discriminação racial podem ser encaminhas à Ouvidoria Geral do Estado (OGE). As manifestações serão direcionadas aos órgãos responsáveis para acompanhar e agir em casos de violação dos direitos.

Os registros podem ser realizados por meio do 0800-284-0011 (as ligações são gratuitas via celular), site da OGE e redes sociais (Twitter @ouvidoriageral, Facebook.com/ouvidoriageral e Instagram @ouvidoriageralbahia).

As reclamações ou denúncias encaminhadas à Ouvidoria darão origem a procedimentos administrativos e serão organizadas de acordo com o tema, e encaminhadas às autoridades competentes. Cada caso tem um fluxo distinto a depender das características específicas.

O ouvidor-geral do Estado, Valdenor Cardoson, destaca a importância das manifestações do cidadão nos canais abertos. “É importante que a população discriminada de todo o Estado saiba que pode contar com o canal de comunicação que ofereça um atendimento humanizado para o registro de casos de violência, visando à construção de políticas públicas dos seus direitos”, afirma Valdenor.