Rally dos Mares
Foto: Tatiana Azeviche/Setur

O destino turístico de Morro de São Paulo recebe hoje os participantes da sétima edição do Rally dos Mares, que partiram na manhã desta terça-feira (2), de Salvador, com o número recorde de 170 inscritos. A prova reúne esportistas de vários estados brasileiros, além de dois estrangeiros. A novidade este ano é a presença feminina, com três representantes na equipe de São Paulo.

Durante cinco dias, os participantes navegam até Ilhéus, num percurso total de 400 quilômetros. Em Morro, eles permanecem até a manhã desta quinta-feira (4), quando seguem para Barra Grande. Está programada ainda uma parada para pernoite em Itacaré. Entre os estrangeiros, participa pela primeira vez um norte-americano, além de um francês que já havia competido na última edição.

No evento de abertura, realizado na noite de segunda-feira (1º), no Wish Hotel da Bahia, o presidente da Associação Brasileira Rally dos Mares de Jet Ski – Abramjet, Fernando Mendonça, explicou que esta prova encaixa-se na categoria de Resistência (as outras são Regularidade e Velocidade). “Nesta modalidade, todo mundo faz a largada junto e chega junto, a ideia aqui é a segurança”, afirmou.

Há, no entanto, a disputa opcional pelo Cinturão de Rei dos Mares, para o jet ski mais rápido. O tempo diário de navegação do Rally dos Mares vai de aproximadamente 9 horas até 14 horas. A partir deste horário, os participantes têm o período livre, hospedando-se em um hotel dos pontos de pernoite.

Na abertura da prova, o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, disse que o rally é um grande incentivo ao segmento, trazendo participantes do Brasil e do mundo para destinos da Bahia. Ele citou também os investimentos em infraestrutura náutica do Prodetur Nacional Bahia, realizados pelo Governo do Estado. “Estamos construindo marinas, atracadouros e terminais que vão dar um grande impulso às atividades náuticas e ao turismo na Baía de Todos-os-Santos”.

Segundo a organização, todas as medidas de segurança protocolares contra o coronavírus estão sendo tomadas ao longo da prova e, sobretudo, nos hotéis.

Fonte: Ascom/Setur