Em reunião com os governadores, na tarde desta quarta-feira (17), o Ministério da Saúde apresentou uma proposta de pós-pagamento para manutenção dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O governador da Bahia, Rui Costa, participou do encontro virtual e fez uma intervenção para que esse posicionamento seja revisto.

De acordo com Rui, o critério histórico do Sistema Único de Saúde (SUS) é fazer o pagamento por leito habilitado e não por leito utilizado, como propôs a atual gestão do Ministério da Saúde. Ele acredita que o ministro Eduardo Pazuello concordou em rever a medida.