O governador da Bahia, Rui Costa, voltou a criticar a demora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para homologar outras vacinas e garantir uma maior oferta dos imunizantes à população. Ele convidou os baianos e baianas à uma reflexão sobre os motivos que levam a Anvisa a não autorizar no Brasil a aplicação de vacinas que já foram aprovadas e estão sendo utilizadas em outros países.

Rui disse que segue mantendo contato com os laboratórios “para que os estados possam adquirir e tentar junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma autorização especial para aplicação de vacinas”. O governador concluiu perguntando: “quantas mortes ainda serão necessárias para haver alguma sensibilização da Anvisa?”. O questionamento foi feito em entrevista à TV Bahia, nesta segunda-feira (22).