Destacando a importância da educação para a transformação social, o governador Rui Costa falou mais uma vez sobre a questão da volta às aulas presenciais na Bahia. Ele ressaltou que não seria incoerente liberar o retorno das atividades no momento em que há uma crescente do número de casos e mortes por covid-19 na Bahia.

O governador também disse que entende os pleitos dos empresários do setor de educação, mas pediu compreensão e sensibilidade aos mesmos para que não se tenha na Bahia um cenário onde as pessoas morram por falta de capacidade de atendimento no sistema de saúde.