O Governo da Bahia possui um contrato de prioridade com o fabricante da vacina russa Sputinik V para adquirir até 50 milhões de doses do imunizante. O governador Rui Costa destaca que é por isso que o estado ingressou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pela autorização de uso da vacina, o que pode agilizar a vacinação da população baiana. Rui também ressalta que “a polêmica da falta de vacinas no Brasil se deve à condução desastrosa do governo federal tanto da pandemia como da política externa”.