EMITIDA EM TODOS OS QUATROCENTOS E DEZESSETE MUNICÍPIOS BAIANOS/ POR MAIS DE SETENTA E UMA MIL EMPRESAS/ A NOTA FISCAL DO CONSUMIDOR ELETRÔNICA FINALIZOU O ANO DE 2020 COM UM BILHÃO E DEZOITO MILHÕES DE DOCUMENTOS GERADOS EM TODA A BAHIA/ CONSOLIDANDO A PRESENÇA NO COTIDIANO DE CONTRIBUINTES E CONSUMIDORES// O USO DA NFC-E AO LONGO DE 2020 REFLETIU O IMPACTO DA PANDEMIA DO CORONAVÍRUS NA ATIVIDADE ECONÔMICA/ COM O MENOR VOLUME NA EMISSÃO DO DOCUMENTO FISCAL COINCIDINDO COM O INÍCIO DO FECHAMENTO DO COMÉRCIO/ EM ABRIL// O MÊS REGISTROU SESSENTA E SEIS MILHÕES E QUATROCENTAS MIL NOTAS ELETRÔNICAS EMITIDAS///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///