Mais 60 comunidades do semiárido baiano serão contempladas com o Programa Água Doce (PAD), que garante água boa e de qualidade para as famílias que sofrem com a escassez desse recurso para o consumo. Para a técnica da Secretaria estadual do meio ambiente e coordenadora estadual do PAD na Bahia, Luciana Santa Rita, com 295 sistemas de dessalinização, a Bahia é uma referência nacional no programa. Ela explica que além da implantação dos dessalinizadores, está garantida a capacitação dos operadores e a manutenção dos sistemas pelo período de um ano.