As cirurgias eletivas, que não possuem caráter de urgência, estão suspensas na Bahia. De acordo com o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, o objetivo é direcionar recursos para o tratamento de pacientes com covid-19 que necessitam de ventilação mecânica, por exemplo. O secretário também informa que o hospital-dia do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, suspenderá temporariamente os procedimentos. A medida tem a intenção de salvaguardar a saúde dos pacientes diante do aumento do número de casos de Covid-19 no Estado. Todos os pacientes que tinham cirurgias agendadas estão sendo informados e os procedimentos serão remarcados assim que os serviços forem retomados.