O ANO DE 2021 VAI SER DIFÍCIL PARA AS FINANÇAS DE ESTADOS E MUNICÍPIOS POR CONTA DE UMA SÉRIE DE PROBLEMAS NO CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO/ INCLUINDO DESEMPREGO RECORDE/ AMEAÇA DE VOLTA DA INFLAÇÃO E FIM DO AUXÍLIO EMERGENCIAL// O ALERTA É DO SECRETÁRIO DA FAZENDA DA BAHIA/ MANOEL VITÓRIO/ QUE RESSALTOU QUE O GOVERNO BAIANO ESTÁ PREPARADO PARA ESTE NOVO DESAFIO E JÁ INTENSIFICA AS MEDIDAS QUE AJUDARAM O ESTADO A SOBREVIVER ÀS CRISES ECONÔMICAS RECENTES/ INCLUSIVE AOS MESES MAIS CRÍTICOS PARA A ARRECADAÇÃO EM 2020 EM FUNÇÃO DA PANDEMIA// TAIS MEDIDAS ADOTADAS INCLUEM UMA SÓLIDA POLÍTICA DE QUALIDADE DO GASTO PÚBLICO QUE JÁ SOMA ECONOMIA REAL DE CINCO BILHÕES E NOVECENTOS MILHÕES DE REAIS DESDE 2015/ ALIADA A UM DOS MAIS INTENSIVOS PROCESSOS/ NO PLANO ESTADUAL/ DE MODERNIZAÇÃO DO FISCO E A UM TRABALHO CONSTANTE DE COMBATE À SONEGAÇÃO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///