Um lote com dois milhões da vacina Astrazeneca, produzida pela Universidade de Oxford, deve chegar ao Brasil nesta sexta-feira (22). Desse total, a Bahia deve receber 160 mil doses que serão utilizadas para vacinar mais 80 mil pessoas, fracionando em duas doses para cada. O governador Rui Costa lembra que a logística para a vacina chegar à Bahia depende do governo federal, mas garante que a mesma logística montada para a distribuição do primeiro lote de vacinas que chegou ao estado esta semana será executada, com o objetivo de levar os imunizantes para os 417 municípios baianos em até 14 horas.