Ouça aqui o BM #56

Com a publicização da gestão, o Parque Tecnológico da Bahia entra em nova fase para oferecer ainda mais oportunidades para empreendedores e pesquisadores desenvolverem ideias e negócios no tecnocentro. A gente aproveitou essa novidade e preparou um resumo do que vem por aí no ecossistema de inovação no estado.

Isso deve em pouquíssimo tempo aumentar a sinergia entre o mercado, academia e governo, deixando o ecossistema de CTI mais denso e com grande espaço para inovação.— Marcus Dratovsky, Presidente do Conselho de Administração da AEPTEC e CEO da X-Testing.

Além da autogestão do parque tecnológico, estão abertas as inscrições de novas startups candidatas para a Áity, a incubadora de empresas do complexo baiano. Acesse o edital aqui.

Ouça o Bahia em Movimento e saiba ainda qual é a estratégia para interiorizar o pensamento inovador em toda a Bahia.