Uma parceria do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), uma agência da ONU, com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Bahia (Sepromi), está reforçando as estratégias de prevenção à Covid-19 junto aos segmentos da população negra. A iniciativa consiste na distribuição de kits de limpeza para entidades do movimento negro, terreiros de candomblé e comunidades quilombolas, material que está sendo repassado a famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica. 

Nesta sexta-feira (11) os produtos foram distribuídos para o quilombo Quingoma, em Lauro de Freitas, e para a Rede Religiosa de Matriz Africana do Subúrbio (RREMAS), em Salvador. Ao todo, através da parceria, serão entregues 1 mil kits contendo água sanitária, álcool 70% e sabão, contemplando comunidades negras de Salvador e Região Metropolitana.  

“Agradecemos por estas benfeitorias aos terreiros e comunidades, que acontece através destas parcerias. Vamos seguindo fazendo a nossa parte, nos precavendo, cuidando das pessoas e enfrentando esta pandemia tão perigosa. Que ‘Tempo’ [divindade no candomblé] nos abençoe nessa caminhada”, afirmou Iraildes Cunha, liderança do terreiro Tumba Junsara, localizado no bairro Engenho Velho de Brotas, em Salvador, uma das comunidades atendidas pela ação. 

“Os kits de limpeza e higiene são fundamentais para o enfrentamento da Covid-19. Esses meses nos mostraram que alguns grupos, como a população negra, se tornaram ainda mais vulneráveis diante da pandemia. Por meio dessa parceria estratégica e, de longa data, com a Sepromi, podemos com essas ações contribuir para minimizar os impactos da pandemia”, disse Astrid Bant, representante do UNFPA no Brasil. 

A titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Bahia (Sepromi), Fabya Reis, reforçou que a iniciativa materializa a união entre UNFPA e Governo da Bahia na defesa da população negra. “Temos trabalhado em constantes diálogos, inclusive intensificados a partir de cooperação firmada com foco na proteção e garantia de direitos do povo negro, combatendo as desigualdades raciais através de diversas frentes. Diante desta pandemia de Covid, que tem afetado majoritariamente famílias negras, o apoio do UNFPA e nossa contribuição neste processo serão fundamentais para preservar vidas e ajudar a quem mais precisa”, pontuou. 

Estão sendo contemplados pela ação as seguintes comunidades e organizações: Quilombo Quingoma, quilombo Rio dos Macacos, Terreiro Abassá de Ogum, Rede de Mulheres Negras da Bahia, Sindicato das Trabalhadoras Domésticas do Estado da Bahia (Sindiméstico), Terreiro Casa do Mensageiro, Terreiro Ilê Axé Opó Afonjá, Coletivo de Entidades Negras (CEN), Rede Religiosa de Matriz Africana do Subúrbio (RREMAS), Terreiro Tumba Junçara e Terreiro de Lembá. 

Fonte: Ascom/ Sepromi