O projeto Agrofloresta, desenvolvido pelo Centro Educacional Monteiro Lobato, no município de Firmino Alves, está rendendo bons frutos para a comunidade escolar. A iniciativa, que tem o objetivo de promover o estudo da Biologia e de outros componentes curriculares por meio da lida com a terra, resultou em uma bela plantação de frutas e hortaliças que, neste período da pandemia e com a suspensão das aulas, chega à mesa de muitos estudantes e de suas famílias.

“Usamos a colheita de frutas e hortaliças na alimentação escolar. Mas agora, com a pandemia, os cinco membros da Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola se revezam para realizar a manutenção do local, devidamente equipados com máscaras. A colheita é higienizada e distribuída para as famílias dos estudantes mais carentes”, comentou a gestora da escola,  Sandra Helena.

De acordo com a professora de Biologia, Bianca Viana, o projeto foi inspirado no projeto Sete Cascas, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), relacionado à Agroecologia. “Fizemos uma visita técnica na universidade e este projeto despertou nos estudantes a ideia de elaborar um sistema agroecológico e de hidroponia na escola. Conseguimos, com a universidade e a comunidade local, algumas mudas e os jovens começaram a fazer estudos sobre o solo, sombreamento e espécies nativas, incluindo plantas medicinais”, afirmou.

O próximo passo, segundo a professora, será trabalhar mais com a compostagem, implementar energia solar e aumentar a produção com um envolvimento ainda maior da população local, quando for possível. O estudante David Gabriel, 17 anos, fala sobre as boas sementes desta plantação. “O Centro é uma ponte da educação com a comunidade, onde desenvolvemos projetos que levam a participação comunitária desde a contribuição para uma gincana até a criação de projetos mais complexos como o Agrofloresta, que foi fomentou pesquisas, estudos e debates”.

O morador José  Enok, de 63 anos, foi aluno da escola na década de 80 e atua voluntariamente na comunidade escolar. “É muito importante a participação dos moradores no desenvolvimento da escola, tendo em vista que o Centro Educacional representa o núcleo de educação mais importante do município. Ao contribuir, vamos ajudando e aprendendo, é uma troca saudável e constante”.

O Centro Educacional Monteiro Lobato é uma unidade da rede estadual de ensino, com 53 anos de fundação. Atualmente conta com turmas de Ensino Médio em Educação em Tempo Integral e noturno. As atividades e projetos do local podem ser acompanhadas através do perfil no Facebook da escola: https://bit.ly/39iR8kj

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado