O Governo da Bahia lançou nesta quinta-feira (10) o Protocolo do Feminicídio, documento que traz orientações, diretrizes e linhas de atuação para melhorar todo o processo judicial e de investigação desse tipo de crime. De acordo com a secretária de políticas para mulheres da Bahia, Julieta Palmeira, “o protocolo vai padronizar os diversos procedimentos entre os vários órgãos responsáveis pela investigação e aplicação da justiça nos casos de mortes violentas de mulheres motivadas por razões de gênero”.