Caso a quantidade de vacinas contra a covid-19 disponibilizadas para a Bahia em um primeiro momento seja considerada abaixo da necessidade, o Governo do Estado pode adquirir doses suplementares para imunizar a população. De acordo com o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, a vacina oferecida nessa situação será a Sputinik V, a partir de uma negociação feita através do Consórcio do Nordeste.