A vacina russa Sputinik V, que será produzida no Brasil a partir de janeiro, terá a fase 3 da testagem realizada na Bahia. A confirmação foi feita pelo governador Rui Costa em postagem nas redes sociais. De acordo com o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, os testes serão feitos nos centros de pesquisa do Instituto Couto Maia e das Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador. No entanto, ele espera que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprove os estudos feitos em outros países, acelerando o processo de distribuição do imunizante.