A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta nesta segunda (7) sobre uma investigação do primeiro caso positivo no país de Candida auris, fungo resistente a medicamentos que representa uma séria ameaça à saúde pública em virtude da taxa de letalidade próxima a 60%.

O fungo foi detectado na última sexta-feira (4) no cateter de um paciente internado em um hospital privado da capital baiana. De acordo com o médico infectologista Antônio Bandeira, da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia (Divisa), o fungo foi isolado e encaminhado para análise.

Conforme o alerta da Anvisa, o fungo apresenta resistência a vários medicamentos antifúngicos comumente utilizados para tratar infecções por Candida. Ele pode causar infecção em corrente sanguínea e outras infecções invasivas, sendo fatal, sobretudo, em pacientes com comorbidades.