SAC Pituaçu
Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (24), às 9h, o consumidor ganha mais um posto de atendimento do Procon-BA. Instalado no novo SAC, localizado no Terminal Pituaçu, em Salvador, a unidade funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h30, e aos sábados, das 8h às 12h, com atendimento 100% agendado pelo SAC Digital.

Com este novo posto, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), órgão vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), contará, no total, com 21 postos de atendimento, sendo 9 postos na capital e 12 postos no interior e região metropolitana.

No local, três guichês estarão disponíveis aos consumidores, resultando em uma média de 60 atendimentos por semana.
“Esse posto tem uma localização estratégia. Está num terminal rodoviário, interligado a uma estação de metrô, é uma inovação na rede SAC e é uma conquista do consumidor, que terá facilidade no acesso e na busca pela garantia dos seus direitos, especialmente agora com as festas de final de ano e com as promoções da Black Friday, onde a procura por consumo e preços acessíveis tendem a aumentar”, ressalta o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, que estará presente na inauguração.

Agendamento

Para agendar, basta acessar o SAC Digital por meio do site ou baixar o aplicativo disponível para Android e iOS, seguindo o passo a passo para cadastro. Para outras informações, a Secretaria da Administração (Saeb) ainda disponibiliza o site institucional do SAC e o call center: 0800 071 5353 ou 4020-5353.

Medidas de segurança

A Rede SAC reforça a necessidade dos cidadãos redobrarem a atenção aos cuidados recomendados pelo Governo do Estado e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Entre as medidas de segurança adotadas pela Rede SAC estão a disponibilização de dispensers com álcool em gel; reforço na higienização das dependências da carreta, bem como dos móveis; reorganização do espaço de espera para promover o distanciamento, e controle da quantidade de agendamentos, reduzindo o número de pessoas no ambiente, como determina o Decreto Estadual 19.529/20.

Fonte: Ascom/SJDHDS