REDUTO DE MANUSCRITOS E IMPRESSOS ORIGINAIS/ PRODUZIDOS E ACUMULADOS QUANDO A CIDADE DE SALVADOR FOI CAPITAL DO BRASIL/ BEM COMO DE DOCUMENTOS PRODUZIDOS NO PERÍODO COLONIAL/ MONÁRQUICO E REPUBLICANO/ O ARQUIVO PÚBLICO DA BAHIA PASSOU POR AMPLAS OBRAS DE REFORMA E RESTAURO E FOI REABERTO NA DATA EM QUE SE CELEBRA O DIA NACIONAL DA CULTURA/ CINCO DE NOVEMBRO/ COMO DESTACA O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO PEDRO CALMON/ ZULU ARAÚJO///

SONORA – ZULU ARAÚJO///

SEGUNDA MAIOR INSTITUIÇÃO ARQUIVÍSTICA DO BRASIL/ O ARQUIVO PÚBLICO FUNCIONA HÁ CENTO E TRINTA ANOS NO SOLAR QUINTA DO TANQUE E FOI SUBMETIDO A DIVERSOS SERVIÇOS/ INCLUSIVE COLOCAÇÃO DE PISO DE ALTA RESISTÊNCIA/ RECUPERAÇÃO DAS ESCADAS EXTERNAS LATERAIS E CENTRAL/ IMPERMEABILIZAÇÃO DE PAREDES/ RECUPERAÇÃO DE JANELAS E PORTAS/ INSTALAÇÃO DE ELEVADOR PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS/ REFORMA DE SANITÁRIOS/ PINTURA EXTERNA E INTERNA DA SEDE/ E IMUNIZAÇÃO DE FORRO E PISO DE MADEIRA// SECRETÁRIA ESTADUAL DA CULTURA/ ARANY SANTANA/ REFORÇA QUE A REABERTURA É UM MARCO PARA O SEGMENTO NO ESTADO///

SONORA – ARANY SANTANA///

AS VISITAS SÓ PODERÃO OCORRER DE MANEIRA INDIVIDUAL/ MEDIANTE AGENDAMENTO PRÉVIO E SEGUINDO REGRAS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL// FORMULÁRIOS EXIGIDOS PARA A VISITAÇÃO E INFORMAÇÕES ADICIONAIS DEVEM SER OBTIDOS NO SITE DA FUNDAÇÃO PEDRO CALMON/ O WWW.FPC.BA.GOV.BR/ ENTIDADE RESPONSÁVEL PELA ADMINISTRAÇÃO DO EQUIPAMENTO CULTURAL///

TEXTO: RENATA PREZA//

LOCUÇÃO: ANDERSON OLIVEIRA///