O governador Rui Costa acredita que só teremos vacina disponível contra a covid-19 no primeiro semestre do ano que vem. Ele conta que teve uma reunião com representantes do laboratório Pfizer, que informaram que apenas em 2021 terão 25% do volume necessário para imunizar a população do mundo inteiro.

O governador também aponta os custos e a complexidade com a logística para que as vacinas cheguem à população, e destaca que serão imunizados primeiro os grupos de risco.