PGE
Foto: Alberto Coutinho/GovBa

A Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE-BA) conquistou, pela primeira vez, o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça. A PGE-BA foi a vencedora na categoria Vídeo Institucional, com o documentário “Lei Caó (7.716/89) – 30 anos de existência e resistência – A lei que criminalizou o racismo”. 

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça promovido pelo Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ) é o maior prêmio nacional que valoriza e reconhece os trabalhos desenvolvidos pelos profissionais das instituições públicas e das associações das classes do Sistema de Justiça de todo o Brasil. Em 2020, 18ª edição do prêmio, foram 199 trabalhos inscritos em 13 categorias. 

Para a assessora de comunicação da PGE, Mara Santana, “esse prêmio é o resultado de um trabalho comprometido de uma equipe que diariamente vence os desafios da comunicação pública. É um orgulho saber que a nossa PGE chega ao mesmo nível de excelência de grandes instituições do Poder Judiciário que também são vencedoras do prêmio”, analisa. 
O vídeo relata a trajetória de vida do advogado e jornalista baiano Carlos Alberto Caó de Oliveira, autor da lei 7.716/89, que criminalizou o racismo no Brasil.