O processo de testagem para o novo coronavírus nas 21 escolas estaduais do bairro de Cajazeiras e região seguiu de forma tranquila nesta sexta-feira (2). Os estudantes, professores e funcionários atendidos neste terceiro dia são do Colégio Estadual Professor Nelson Barros, escola-polo de Cajazeiras X; do Colégio Estadual Rafael Oliveira, escola-polo de Cajazeiras VIII; e do Colégio Estadual Dona Mora Magalhães, localizado no bairro Fazenda Grande I.

A iniciativa do Governo do Estado é desenvolvida pelas secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Saúde (Sesab), com a aplicação de testes do tipo RT-PCR, que serão analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN). A testagem acontece até o dia 9 de outubro, devendo alcançar o total de 21 mil pessoas.

O estudante Ruanderson José Santos, 18, 9º ano, do Colégio Estadual Professor Nelson Barros, foi cedo fazer o teste na própria escola onde estuda. “A testagem é essencial para o governo se situar e saber quantos estudantes e demais funcionários das escolas estão infectados ou não”, analisou. A estudante Ailana da Silva, 19, 2º ano, da mesma unidade escolar, também já fez o seu teste. “Esta testagem é muito importante para prevenir a saúde de todos que fazem parte da nossa comunidade escolar”, afirmou.

Quem também já passou pelo procedimento foi a funcionária Carla Magali Correia, 46, do Colégio Estadual Rafael Oliveira. “Fiz questão de fazer logo o meu teste, pois a gente pode estar infectado e não sabe”, comentou. A estudante Jande Lima, 15, 1º ano, do Colégio Estadual Rafael Oliveira, também falou sobre a iniciativa. “Achei muito legal a atitude em nos oferecer este teste rápido para o mais rápido possível a gente poder frequentar novamente as aulas de forma presencial”.

Cronograma de Cajazeiras e bairros adjacentes:

  • Na Fazenda Grande II, o Colégio Estadual Luis José de Oliveira, escola-polo do bairro, recebe, no dia 5 de outubro, as comunidades escolares da própria unidade escolar, além das comunidades do Colégio Estadual Oliveira Brito e da Escola Estadual Lea Leal;
  • Também no dia 5, o Colégio Estadual Conselheiro Vicente Pacheco de Oliveira, escola-polo do bairro Dom Avelar, atende a sua própria unidade escolar;
  • Em Águas Claras, os colégios estaduais Renan Baleeiro e Santa Rita de Cássia, escolas-polo do bairro, recebem, respectivamente, as suas comunidades escolares no dia 6 de outubro;
  • No dia 7 de outubro, também recebem as suas comunidades escolares, o Colégio Estadual Raymundo de Almeida Gouveia e a Escola Professor Roberto Santos, escolas-polo do bairro Castelo Branco. Em Valéria, o Colégio Estadual Professora Noemia Rego, escola-polo do bairro, atende sua própria unidade escolar, no dia 8 de outubro;
  • No mesmo dia 8, o Colégio Estadual Eduardo Bahiana, escola-polo do bairro de Fazenda Grande II, atende sua própria unidade escolar. E no dia 9 de outubro, recebe a comunidade escolar do Colégio da Polícia Militar (CPM) – Dona Leonor Calmon;
  • Ainda no dia 9, o Colégio Estadual Dinah Gonçalves, também escola-polo de Valéria, atende sua própria comunidade escolar, assim como a do Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado