Neste sábado (3), o Rural Produtivo da TVE vai falar sobre o consumo das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), que vêm ganhando espaço em hortas urbanas e rurais. O programa vai mostrar a experiência com a permacultura e falar do aumento da produção de ovos no estado, além da visita à Biofábrica da Bahia na região cacaueira e ensinar uma receita de massa puba do aipim . A exibição é às 14h, com horário alternativo na segunda-feira (5), às 6h30, e na quinta-feira (8), às 20h.

Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), que não são amplamente comercializadas, mas possuem grande representatividade para algumas comunidades pelo seu alto valor nutricional, facilidade de cultivo adequado à conservação da biodiversidade, assim como seu potencial gastronômico. No território do Velho Chico,  uma Escola Família Agrícola catalogou e está estudando mais de 30 tipos de “PANCs”. Na maioria dos casos, envolve espécies desconhecidas da maior parte da população, entretanto costumam apresentar grande valor regional, a exemplo da taioba e a palma na região da caatinga.

A permacultura multiplica a criação e produção nas pequenas propriedades rurais com canteiros redondos, composteiras e banheiros secos, tudo é pensado para que cada elemento cumpra mais de uma função, com a integração das necessidades humanas à natureza. Em Riachão do Jacuípe, o produtor rural Eduardo, utiliza as técnicas simples e eficientes de agrofloresta e agroecologia, com baixo custo em seu pedaço de terra de 24 hectares, gerando renda e garantindo o baixo impacto ambiental.

Ainda neste  programa, nossa equipe foi até a região do cacau, no sul do estado, visitar a Biofábrica da Bahia que contribui para inclusão social e economia através da doação mudas para os agricultores familiares. Veja ainda, a reportagem sobre o aumento da produção de ovos que bateu recorde na Bahia com 14,1 milhões de dúzias, representando um crescimento de 10,9%.  

Neste episódio, o aipim se transforma em massa puba pelas mãos da nutricionista Vera Mascarenhas. A receita é uma herança indígena que pode ser utilizada para fazer bolo, mingau, tapioca de puba e até pratos salgados, sempre saudáveis.

O Rural Produtivo é resultado de uma parceria da TVE com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e poderá ser assistido também através do site www.tve.ba.gov.br/tveonline, do Youtube.com/tvebahia e do Facebook.com/tvebahia.

Fonte: Ascom/ Irdeb