EM MEIO AO IMPACTO PRODUZIDO NAS FINANÇAS ESTADUAIS PELA CRISE SANITÁRIA/ A SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO LANÇA/ NESTA QUARTA-FEIRA/ O SISTEMA E-FISCALIZAÇÃO// A FERRAMENTA VAI DOTAR O FISCO DE MAIS EFICIÊNCIA E PRODUTIVIDADE AO APROFUNDAR A CHAMADA FISCALIZAÇÃO SUMÁRIA/ MODELO CUJA APLICAÇÃO VEM SE AMPLIANDO COM O AVANÇO DA TECNOLOGIA BASEADA NO CRUZAMENTO DE DADOS FISCAIS DIGITAIS E FOI RESPONSÁVEL PELA RECUPERAÇÃO DE SEISCENTOS E OITENTA E UM MILHÕES E CEM MIL REAIS EM ICMS EM 2019/ QUARENTA E DOIS VÍRGULA SETE POR CENTO A MAIS QUE OS QUATROCENTOS E SETENTA E SETE MILHÕES E DUZENTOS MIL REAIS RECUPERADOS EM 2016// O E-FISCALIZAÇÃO VAI REFORÇAR A TENDÊNCIA E AMPLIAR O COMBATE À SONEGAÇÃO AO INTENSIFICAR O ENCAMINHAMENTO MASSIVO DE NOTIFICAÇÕES A CONTRIBUINTES SELECIONADOS POR REGIÃO/ SEGMENTO OU TIPOS DE INDÍCIOS IDENTIFICADOS PELA MALHA FISCAL CENSITÁRIA/ AMPLIANDO AS POSSIBILIDADES DE AUTORREGULARIZAÇÃO PELAS EMPRESAS E/ NOS CASOS EM QUE ISSO NÃO OCORRA/ GERENCIANDO A EMISSÃO DE ORDENS DE SERVIÇO PARA A FISCALIZAÇÃO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///