REPRESENTANTES DE HOTÉIS DE SALVADOR RECEBERAM/ NESTA QUARTA-FEIRA/ ORIENTAÇÕES SOBRE COMO ATUAR DIANTE DA IDENTIFICAÇÃO DE CRIMES ELETRÔNICOS/ A EXEMPLO DA CLONAGEM DE PERFIS E OFERTA FRAUDULENTA DE PACOTES DE HOSPEDAGEM AOS CONSUMIDORES/ NAS REDES SOCIAIS// A INICIATIVA DA SECRETARIA DE TURISMO DO ESTADO CONTOU COM PALESTRA DO DELEGADO JOÃO ROBERTO CAVADAS/ COORDENADOR DO GRUPO ESPECIALIZADO DE REPRESSÃO A CRIMES POR MEIOS ELETRÔNICOS// APÓS A IDENTIFICAÇÃO DE UMA SÉRIE DE AÇÕES CIBERNÉTICAS PREJUDICIAIS À HOTELARIA E AO PÚBLICO FINAL/ A SETUR CRIOU E LIDERA/ DESDE SETEMBRO/ UM GRUPO DE TRABALHO COM A SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA E A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HOTÉIS NA BAHIA/ COM O OBJETIVO DE DAR CELERIDADE À RESOLUÇÃO DOS CASOS/ BEM COMO ALERTAR OUTROS MEIOS DE HOSPEDAGEM// DE ACORDO COM A ABIH/ CHEGA A VINTE O NÚMERO DE EMPRESAS LESADAS NA CAPITAL///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///