Registrando um número entre vinte e trinta óbitos por dia, a Bahia segue com as aulas suspensas. Nesta quarta-feira (21), o governador Rui Costa disse que “se o número de óbitos continuar caindo, isso cria condições de retomar as aulas”. O governador também afirmou que “se não fossem as aglomerações noturnas de festas de paredões e atividades de campanha política com paredão, a gente talvez já tivesse retornado às aulas porque nós estaríamos com um número muito baixo de óbitos por dia”.