MESMO TENDO SIDO AUTORIZADO PELA JUSTIÇA FEDERAL PARA FAZER O TERMO ADITIVO DO CONTRATO DE GESTÃO DO HOSPITAL ESPANHOL/ O ESTADO DA BAHIA DECIDIU QUE VAI FAZER UM CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELECIONAR UMA NOVA EMPRESA PARA ADMINISTRAR A UNIDADE// ATÉ LÁ/ O INTS/ INSTITUTO NACIONAL DE AMPARO À PESQUISA/ TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NA GESTÃO PÚBLICA/ CONTINUA A GERIR O ESPANHOL// O JUIZ FEDERAL DA DÉCIMA VARA DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DA BAHIA/ IRAN ESMERALDO LEITE/ NEGOU PEDIDOS DOS MINISTÉRIOS PÚBLICOS ESTADUAL E FEDERAL PARA IMPEDIR A PRORROGAÇÃO DO CONTRATO DE GESTÃO DO HOSPITAL// SEGUNDO O MAGISTRADO/ A PRORROGAÇÃO DO CONTRATO É ADMITIDA ENQUANTO PERSISTIR OS EFEITOS DO DECRETO LEGISLATIVO QUE RECONHECEU O ESTADO DE EMERGÊNCIA DECORRENTE DA COVID-19///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ALEXANDRE SANTANA///