COM A PROFISSIONALIZAÇÃO DA BASE PRODUTIVA E DA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES DA AGRICULTURA FAMILIAR/ COOPERATIVAS BAIANAS PASSARAM A TER ACESSO A MERCADOS MAIS VANTAJOSOS E COMPETITIVOS// É O CASO DA COOPERATIVA DE PRODUÇÃO DA REGIÃO DO PIEMONTE DA DIAMANTINA/ COM O LICURI/ E DA COOPERATIVA DE AGROPECUÁRIA FAMILIAR DE CANUDOS/ UAUÁ E CURAÇÁ/ COM O MANDACARU/ QUE COMERCIALIZAM AS MATÉRIAS-PRIMAS TANTO PARA CONSUMIDORES EM FEIRAS LIVRES QUANTO PARA GRANDES EMPRESAS DE COSMÉTICOS// O GOVERNO DO ESTADO/ POR MEIO DO PROJETO BAHIA PRODUTIVA/ ESTÁ INVESTINDO CENTO E TRINTA MILHÕES E QUINHENTOS MIL REAIS PARA ESTIMULAR O CRESCIMENTO PRODUTIVO DA AGRICULTURA FAMILIAR DO ESTADO/ POR MEIO DE PARCERIAS COM O SETOR PRIVADO// OS RECURSOS E INVESTIMENTOS SERÃO DIRECIONADOS PARA AS COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR QUE GANHAM COM MELHORIAS NOS PROCESSOS DE GESTÃO/ NAS AQUISIÇÕES DE EQUIPAMENTOS MAIS EFICIENTES E NO DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PRODUTOS// O BAHIA PRODUTIVA É EXECUTADO PELA CAR/ COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO E AÇÃO REGIONAL/ COM COFINANCIAMENTO DO BANCO MUNDIAL///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///