O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA ACOLHEU O PEDIDO DA PGE/ PROCURADORIA GERAL DO ESTADO/ E DETERMINOU AO SINDICATO DOS SERVIDORES PENITENCIÁRIOS DO ESTADO DA BAHIA QUE NÃO FAÇA A GREVE ANUNCIADA OU QUALQUER OUTRA/ A QUALQUER TEMPO// SE A DECISÃO FOR DESCUMPRIDA/ O SINDICATO VAI TER QUE PAGAR UMA MULTA DE CEM MIL REAIS POR DIA// A PGE DESTACOU QUE “A SEGURANÇA PRISIONAL É ATIVIDADE ESSENCIAL/ NA QUAL UMA POSSÍVEL PARALISAÇÃO DO SERVIÇO AFETA TODA A POPULAÇÃO CARCERÁRIA E TEM UM FORTE EFEITO MULTIPLICADOR EM OUTRAS UNIDADES PRISIONAIS// TUDO ISSO/ SOMADO AO PÂNICO E SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA NA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO.”///

COM INFORMAÇÕESDA SECOM BAHIA/ ALEXANDRE SANTANA///