Estádio de Pituaçu
Foto: Felipe Oliveira

Além da estreia de Mano Menezes no comando técnico do Bahia, o duelo deste domingo (13), contra a equipe do Atlético Goianiense, marca o importante número de 20 jogos realizados no Estádio de Pituaçu desde julho, quando ocorreu a retomada do futebol neste período de pandemia do coronavírus.

Ao todo, foram cinco partidas pelo Campeonato Baiano, sete jogos pelo Nordestão e sete duelos pelo Brasileirão das séries A e C, disputados pelo Bahia e Jacuipense, respectivamente.

Além da continuação dos jogos do Tricolor e do Leão Grená, o estádio ainda vai receber partidas do Esquadrão no Brasileirão sub 17 e sub 20, Copa do Brasil sub 17, Campeonato de Aspirantes e o Campeonato Brasileiro feminino.

Administrado pela Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Pituaçu vem sendo novamente protagonista, já que a Arena Fonte Nova passou a ser usada como hospital de campanha para tratar paciente da Covid -19.

Sempre muito elogiado por jogadores e comissão técnica, o gramado de Pituaçu vem recebendo atenção especial para que o gramado se mantenha impecável durante os jogos.

“O gramado, como sempre, encontra-se em excelente condição e com a qualidade já referendada pelas principais entidades futebolísticas do país. Por isso, sabemos da nossa responsabilidade de cuidar muito bem desse tapete verde, palco de muitos espetáculos do nosso futebol”, disse o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto.

Esporte Clube Jacuipense

Desde o Campeonato Baiano, quando escolheu mandar seus jogos em Pituaçu, a Jacuipense está invicta. Ao todo, foram três jogos: um empate com o Bahia na semifinal do estadual; na série C, uma vitória, um empate.

Segundo o presidente da Jacu, Gegê Magalhães, a trajetória vitoriosa até o momento no campeonato nacional deve-se muito às condições do gramado de Pituaçu, que tem contribuído para um futebol mais veloz e bem jogado.

“Nosso centro de treinamento é em Salvador, e a logística torna-se muito mais viável jogar na capital. Além disso, a estrutura que o Estádio de Pituaçu oferece, desde a conservação do gramado, que está impecável, acessibilidade e vestiários, isso vem sendo de suma importância para que a Jacuipense possa obter êxito em campo. Quero agradecer à Sudesb por essa parceria”, afirmou.

Na segunda-feira (14), a Jacuipense volta a campo para enfrentar o Ferroviário (PE), às 20h, em Pituaçu, na partida válida pela 6ª rodada da série C. O Leão Grená ocupa, agora, o 5° lugar, próximo ao G4 do grupo A.

Fonte: Ascom/Sudesb