A Secretaria da Educação do Estado (SEC) prorrogou, até o dia 5 de outubro, a Escuta On-line para que os estudantes baianos possam contribuir na elaboração do Documento Curricular Referencial da Bahia (DCRB) – Etapa do Ensino Médio. O objetivo é representar, da melhor forma possível, as expectativas, os anseios e as necessidades dos jovens por meio do subsídio da escrita e aperfeiçoamento do processo de implementação do Novo Ensino Médio no Estado da Bahia. A Escuta On-line está disponível para acesso no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

A superintendente de Políticas para a Educação Básica (SEC), Manuelita Brito, disse que é fundamental ouvir os estudantes neste momento de transição curricular. “É a oportunidade dos estudantes apresentarem suas inquietações, nos ajudando a construir um currículo que será uma realidade para as novas gerações, abordando o Ensino Médio regular, assim como todas as modalidades, como EJA (Educação de Jovens e Adultos); Educação Profissional; Educação do Campo; Quilombola e Indígena; e a Educação Inclusiva”, ressaltou.

A estudante Clara Gama, do Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologias da Informação e Comunicação (CEEP/TIC), em Lauro de Freitas, ressalta a importância da Escuta On-line. “A educação é o que temos de mais importante e acredito que o Ensino Médio tem que possuir um currículo menos engessado e de acordo com a nossa realidade. O debate é importante para adequar o currículo à expectativa dos estudantes, valorizando a nossa cultura no Brasil e na Bahia, trazendo mais senso crítico dos estudantes”.

A estudante Evania Silva, do Colégio Estadual do Campo Hermínio Manoel de Jesus, no distrito de Bonfim, em Valença, também destaca a necessidade de um olhar para as diferentes modalidades da Educação. “Tinha medo do Ensino Médio, porque achava que seria difícil de concluir. Mas ter uma aprendizagem com projetos ligados à Agroecologia e ao Meio Ambiente me fez entender aquilo que era visto na teoria”.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado