Estudantes, professores e funcionários do Colégio Estadual Doutor Ailton Pinto de Andrade, no Lobato, são o público-alvo do segundo dia, nesta terça-feira (1°), da testagem para o novo Coronavírus nas escolas do Subúrbio Ferroviário. Com início às 8h e término previsto para às18h, a ação nesta comunidade escolar está acontecendo no Colégio Estadual Raymundo Matta, no mesmo bairro. Os testes são do tipo RT-PCR e serão analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em uma parceria com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Os resultados funcionarão como um parâmetro para o planejamento de volta às aulas, mesmo que ainda não tenha uma data definida.  

A estudante Emily Silva, 16, 9º ano, aproveitou a oportunidade para fazer a testagem logo nas primeiras horas da manhã. “Estou torcendo para que as aulas voltem logo e como os testes vão servir para se ter uma ideia de como está a nossa saúde, acho importante que todos atendam ao chamado da escola”, disse. O também estudante Anderson Silva, 1º ano do Ensino Médio, compartilha a mesma opinião: “Não vejo a hora de voltarmos a estudar, estou ansioso para que isso aconteça rapidamente. Eu vim fazer o teste justamente para contribuir na avaliação do governo sobre o retorno das aulas”.

A professora de Geografia, Janice Machado, falou sobre a importância da testagem na comunidade escolar. “Esta é uma ação muito importante do Governo do Estado para que tenhamos uma noção de como está a saúde de todos e, assim, um planejamento de retorno às aulas possa ser feito com mais segurança”.

O teste foi aprovado também pela merendeira Edneide Lima Oliveira. “Achei maravilhosa esta possibilidade de fazermos o teste para saber a quantidade de gente que está contaminada. Mas a testagem não significa que quem der negativo pode relaxar nos cuidados. As pessoas devem entender que o teste não é a vacina, portanto temos que continuar nos cuidando”.

O diretor do Colégio Estadual Raymundo Matta, Antônio Augusto Costa, falou sobre o acolhimento da comunidade, o atendimento e a organização da unidade escolar para a testagem. “Estudantes, funcionários e professores estão vendo com bons olhos esta ação do governo estadual que, mais uma vez, mostra a sua preocupação em preservar vidas. A nossa escola foi muito bem organizada, de acordo com os protocolos estabelecidos pela Secretaria da Educação do Estado, dentro das normas de distanciamento seguro, e o trabalho está fluindo com tranquilidade”.

O coordenador de Articulação de Projetos para a Educação da SEC, Hélder Amorim, fez uma avaliação sobre a testagem nos dois primeiros dias, no Subúrbio Ferroviário. “O trabalho está sendo desenvolvido dentro das porcentagens que prevíamos. Atendemos 154 pessoas no primeiro dia, o que representa em torno de 80% dos professores; quase 90% dos funcionários; e atingimos 40% dos estudantes, que é justamente o percentual que temos atingido nas testagens em outros municípios. Neste segundo dia, a perspectiva é boa também, deveremos atingir de 50 a 60% da comunidade escolar esperada para hoje (terça-feira). Quero reiterar a importância de que todos venham fazer a testagem para que esses dados contribuam na definição do retorno às aulas”.

Nesta primeira etapa, que envolve 12 unidades escolares e acontece até o dia 23 de setembro, a previsão é alcançar uma comunidade escolar de 11.103 pessoas, sendo 10.392 estudantes, 224 funcionários e 487 professores. De acordo com a programação, cada escola terá um dia para a testagem e cada gestão convocará a sua comunidade escolar.  


Como está acontecendo a testagem

A testagem acontece de forma centralizada nas escolas denominadas de polos, nos bairros do Lobato, São João do Cabrito, Plataforma, Itacaranha e Alto da Terezinha. O objetivo é facilitar a ida dos estudantes, professores e funcionários e evitar aglomeração.  

Calendário de aplicação

– O Colégio Estadual Raymundo Matta, escola-polo do Lobato, sediará a testagem das comunidades escolares dos colégios estaduais Ailton Pinto, no dia 1º de setembro, e do Dalva Matos, no dia 2 de setembro.

– No dia 3 de setembro será realizada a testagem de estudantes, professores e funcionários do Colégio Estadual Tereza Helena Mata Pires, na própria unidade escolar.

– Nos dias 4 e 8 de setembro, será feita a testagem da comunidade escolar do CPM do Lobato, na própria unidade escolar.

– No dia 9 de setembro, será realizada a testagem da comunidade escolar do Colégio Estadual Aristides de Souza, escola-polo de São João do Cabrito e Plataforma. Esta unidade sediará a testagem da comunidade escolar do Bertholdo Cirilo, nos dias 10 e 11 de setembro, e do Colégio Estadual de Plataforma, no dia 14 de setembro.

– O Colégio Estadual Clériston Andrade será polo para os bairros de Itacaranha e Plataforma e testará nos dias 15, 16 e 17 de setembro a sua própria comunidade escolar; no dia 18 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Josias de Almeida Melo; e no dia 21 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza.

– No Alto da Terezinha, haverá testagem apenas no Colégio Estadual Sara Violeta, que atenderá a sua própria comunidade escolar, nos dias 22 e 23 de setembro.

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.


Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado