A testagem para o novo Coronavírus da comunidade escolar dos colégios estaduais de Subúrbio de Salvador foi retomada nesta terça-feira (8), após a pausa do feriado de 7 de setembro. Desta vez, os contemplados estão sendo os estudantes, professores e funcionários do Colégio Estadual Bertholdo Cirilo e os testes estão sendo realizados até às 18h, no Colégio Estadual Aristides de Souza, no bairro de Plataforma. Os testes são do tipo RT-PCR e estão sendo aplicados a partir de um calendário programado pela Secretaria da Educação do Estado.

O coordenador de Projetos para a Educação da Secretaria da Educação do Estado, Helder Amorim, acompanhou a testagem pela manhã. Ele lembrou que houve uma alteração no calendário inicial. “Os testes seriam realizados, inicialmente, em 12 escolas, mas resolvemos ampliar para atender, ainda neste mês de setembro, toda a comunidade escolar das 28 escolas estaduais do Subúrbio”, afirmou, ao destacar a segurança do procedimento e que o material coletado será analisado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), em uma parceria com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). “Os resultados funcionarão como um parâmetro para o planejamento de volta às aulas, mesmo que ainda não tenha sido definida uma data”, acrescentou Helder.  

O chamado para a testagem foi ouvido pela comunidade do Bertholo Cirilo, que marcou presença de forma expressiva. A estudante Amanda Silva Reis, 14, 1º ano do Ensino Médio, é uma das que aproveitou para fazer o teste. “Achei muito boa esta ação e não imaginei que teríamos este privilégio, já que o teste PCR é caro e não teríamos condições de pagar para fazê-lo. E esta é uma oportunidade de sabermos como está a nossa saúde em relação ao Coronavírus. Estava ansiosa para fazer a testagem desde que soube que seríamos contemplados”.

O professor de Língua Inglesa, José Messias de Souza, também chegou cedo ao colégio para testar. “É importante que toda a comunidade do nosso colégio e das outras unidades passe pela testagem para que o governo possa obter informações mais precisas e, assim, possa definir com mais segurança sobre a possibilidade ou não de retorno do ano letivo”, disse.

A servidora Josefa Eliane de Brito, que trabalha em serviço gerais, também falou sobre a iniciativa. “Esta testagem é muito boa para sabermos que estamos livres ou não do vírus e, com isso, evitar que, no caso de contaminado, passe para outras pessoas. Estou com muita vontade de que as aulas voltem, mas eu sei que tudo tem o seu tempo certo”.

O diretor do Bertholo Cirilo, Antônio Abreu, mostrou-se satisfeito com o comprometimento da comunidade escolar da sua unidade, onde estão matriculados 1.780 estudantes nos três turnos, com a ação proposta. “Nossos estudantes, professores e funcionários vieram mesmo para fazer os testes e isso é muito importante para nos dar uma dimensão real de como está a presença do Coronavírus no nosso bairro, na nossa escola e, a partir daí, a Secretaria da Educação dimensionar um possível retorno às aulas com mais segurança”, avaliou.

Atendimento ampliado

A previsão da Secretaria da Educação é atender, até o dia 24 de setembro, a mais de 30 mil pessoas, sendo 28.535 estudantes, 1.175 professores e 550 funcionários em todas as 28 escolas estaduais localizadas no Subúrbio Ferroviário de Salvador.
A testagem acontece de forma centralizada nas escolas denominadas de polos, nos bairros do Lobato, São João do Cabrito, Plataforma, Itacaranha, Alto da Terezinha, São Tomé de Paripe, Paripe, Coutos, Fazenda Coutos, Alto de Coutos, Periperi, Mirantes de Periperi e Vista Alegre de Coutos. O objetivo é facilitar a ida dos estudantes, professores e funcionários e evitar aglomeração.
Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.

Confira o calendário

– No dia 8 de setembro está sendo realizada a testagem da comunidade escolar do Colégio Estadual Bertholdo Cirilo, na escola-polo de São João do Cabrito, que é o Colégio Estadual Aristides de Souza, no bairro de Plataforma. O Aristides de Souza sediará a testagem da própria comunidade escolar no dia 9 de setembro (quarta-feira), e também receberá, na mesma data, a comunidade escolar do Colégio Estadual de Plataforma.

– No Alto da Terezinha, haverá testagem apenas no Colégio Estadual Sara Violeta, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 9 de setembro.

– O Colégio Estadual Clériston Andrade será polo para os bairros de Itacaranha e Plataforma e testará no dia 10 a sua própria comunidade escolar e no dia 11 de setembro, as comunidades escolares do Colégio Estadual Josias de Almeida Melo do Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza.

Novas datas – segunda etapa

– O Colégio Estadual Marcílio Dias será escola-polo do bairro de São Tomé de Paripe, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 11 de setembro, e na mesma data, a comunidade escolar do Colégio Estadual João Caribé.

– Nos dias 14 e 15 de setembro, o Colégio Estadual Almirante Barroso, polo no bairro de Paripe, atenderá sua própria comunidade escolar e, também, no dia 15, receberá a comunidade do Colégio Estadual Edson Tenório.

– Também escola-polo em Paripe, o Colégio Estadual Barros Barreto atenderá, no dia 16 de setembro, as comunidades escolares do Colégio Estadual Sete de Setembro e do Colégio Estadual Maria Odete Pithon Raynal. E no dia 17, receberá a sua própria comunidade escolar.

– Nos bairros de Coutos e Fazenda Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Anfrisia Santiago receberá, no dia 17, a sua própria comunidade escolar. E no dia 18 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Carlos Barros.

– O Colégio Estadual Ana Cristina Mata Pires, escola-polo do bairro Alto de Coutos, receberá sua própria unidade escolar no dia 18 de setembro.

– Em Periperi, as escolas receberão suas próprias comunidades escolares. No Colégio Estadual Praia Grande, a testagem será no dia 21 de setembro; no dia 22, no Colégio Estadual Nelson Mandela; já no dia 23 acontece a testagem no Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima. Já no Colégio Estadual Lindembergue Cardoso, os testes serão no dia 24 de setembro.

– O Colégio Estadual Maria Anita, escola-polo do bairro Mirantes de Periperi, receberá sua própria comunidade escolar no dia 23 de setembro.

– Em Vista Alegre de Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Monteiro Lobato, receberá, no dia 24 de setembro, sua própria comunidade escolar.

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado