Testagem covid 19

Começou, nesta sexta-feira (11), a segunda etapa da testagem para o novo Coronavírus em estudantes, professores e funcionários do Subúrbio Ferroviário de Salvador. A iniciativa do Governo da Bahia, realizada por meio das secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab), visa atender, até o dia 24 de setembro, a mais de 30 mil pessoas, nas 28 escolas localizadas na região

Nesta sexta, foram aplicados os testes no Colégio Estadual Clériston Andrade, escola-polo para os bairros de Itacaranha e Plataforma, que atendeu as comunidades escolares dos colégios estaduais Josias de Almeida Melo e Luiz Rogério de Souza. Também foi realizada testagem no Colégio Estadual Marcílio Dias, que é a escola-polo do bairro de São Tomé de Paripe, atendendo a sua própria comunidade escolar e, também, a estudantes, professores e funcionários do Colégio Estadual João Caribé. Na segunda-feira e terça-feira (14 e 15), a testagem será no Colégio Estadual Almirante Barroso, escola-polo no bairro de Paripe, que atenderá a sua própria comunidade escolar na segunda-feira e, na terça (15), receberá a comunidade do Colégio Estadual Edson Tenório.

Os irmãos gêmeos Luan e Luana, 12 anos, foram acompanhados pelo pai Josenilton França da Silva até o Colégio Clériston Andrade, onde estudam, para fazer o teste. Seu Josenilton disse que é fundamental o envolvimento das famílias neste processo de levar os filhos para as testagens, ainda mais se forem menores de idade. “É muito bom o trabalho que a escola está realizando, porque a gente vai saber se os meninos tiveram a doença ou não e isto é muito importante para a família”, acrescentou.

A funcionária Solange Requião, do Colégio Josias de Almeida Melo, disse que a testagem vai trazer uma maior tranquilidade para ela e as colegas que trabalham na alimentação escolar. “A grande importância deste exame é para que possamos saber se estamos com uma boa saúde e nos cuidar. O exame vai nos trazer uma maior tranquilidade no trabalho e na nossa família”, afirmou.

A professora de Geografia, Girlane Costa, do Colégio João Caribé, foi fazer a testagem e também falou sobre a iniciativa. “A testagem é uma ação certíssima para a gente ter uma base de como está a saúde de todos”, afirmou.

O coordenador de Projetos para a Educação da Secretaria da Educação do Estado, Helder Amorim, fez uma avaliação destas duas primeiras semanas de testagem em Salvador. “Os testes são do tipo RT-PCR e têm maior precisão nos resultados. Todo o processo acontece de forma segura e muito tranquila. A comunidade escolar está entendendo a importância da testagem, que reflete o cuidado do Estado com a saúde dos estudantes, professores e funcionários e cujo diagnóstico vai ajudar na tomada de decisão sobre o retorno das atividades letivas, mesmo que ainda não tenha a data definida. Os estudantes já estão recebendo o resultado dos testes pelo e-mail cadastrado no ato da testagem e os casos positivos estão tendo o acompanhamento dos órgãos de Saúde”, afirmou.


Como acontece a testagem
A testagem acontece de forma centralizada nas escolas denominadas de polos, nos bairros do Lobato, São João do Cabrito, Plataforma, Itacaranha, Alto da Terezinha, São Tomé de Paripe, Paripe, Coutos, Fazenda Coutos, Alto de Coutos, Periperi, Mirantes de Periperi e Vista Alegre de Coutos. O objetivo é facilitar a ida dos estudantes, professores e funcionários e evitar aglomeração.
Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.



Confira o calendário


– O Colégio Estadual Clériston Andrade será polo para os bairros de Itacaranha e Plataforma e testará, no dia 11 de setembro, as comunidades escolares dos colégios estaduais Josias de Almeida Melo e Luiz Rogério de Souza.
– O Colégio Estadual Marcílio Dias será escola-polo do bairro de São Tomé de Paripe, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 11 de setembro, e na mesma data, a comunidade escolar do Colégio Estadual João Caribé.
– Nos dias 14 e 15 de setembro, o Colégio Estadual Almirante Barroso, polo no bairro de Paripe, atenderá sua própria comunidade escolar e, também, no dia 15, receberá a comunidade do Colégio Estadual Edson Tenório.
– Também escola-polo em Paripe, o Colégio Estadual Barros Barreto atenderá, no dia 16 de setembro, as comunidades escolares do Colégio Estadual Sete de Setembro e do Colégio Estadual Maria Odete Pithon Raynal. E no dia 17, receberá a sua própria comunidade escolar.
– Nos bairros de Coutos e Fazenda Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Anfrisia Santiago receberá, no dia 17, a sua própria comunidade escolar. E no dia 18 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Carlos Barros.
– O Colégio Estadual Ana Cristina Mata Pires, escola-polo do bairro Alto de Coutos, receberá sua própria unidade escolar no dia 18 de setembro.
– Em Periperi, as escolas receberão suas próprias comunidades escolares. No Colégio Estadual Praia Grande, a testagem será no dia 21 de setembro; no dia 22, no Colégio Estadual Nelson Mandela; já no dia 23 acontece a testagem no Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima. Já no Colégio Estadual Lindembergue Cardoso, os testes serão no dia 24 de setembro.
– O Colégio Estadual Maria Anita, escola-polo do bairro Mirantes de Periperi, receberá sua própria comunidade escolar no dia 23 de setembro.
– No Alto da Terezinha, haverá testagem apenas no Colégio Estadual Sara Violeta, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 24 de setembro.
– E em Vista Alegre de Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Monteiro Lobato, receberá, também, no dia 24 de setembro, sua própria comunidade escolar.


Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado