O GOVERNO DA BAHIA JÁ CADASTROU MAIS DE VINTE MIL PROFISSIONAIS QUE ATUAM NO SETOR DE CULTURA E QUE PODEM RECEBER O AUXÍLIO PREVISTO PELA LEI DE EMERGÊNCIA CULTURAL ALDIR BLANC// ARTISTAS/ PRODUTORES/ TÉCNICOS/ CONTADORES DE HISTÓRIAS/ OFICINEIROS/ PROFESSORES DE ESCOLAS DE ARTE E CAPOEIRA/ MESTRES DA CULTURA POPULAR E TODOS OS DEMAIS PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS NAS DIVERSAS ÁREAS DO FAZER CULTURAL TERÃO ACESSO À RENDA EMERGENCIAL/ DESDE QUE ATENDA AOS CRITÉRIOS PREVISTOS NA LEI FEDERAL// NO ESTADO/ SERÃO DESTINADOS CENTO E DEZ MILHÕES DE REAIS PARA AUXILIAR OS TRABALHADORES DO SETOR NESTE PERÍODO DE PANDEMIA DA COVID-19// O VALOR DO AUXÍLIO EMERGENCIAL É DE SEISCENTOS REAIS/ COM PAGAMENTO RETROATIVO AO MÊS DE JUNHO// OUTRAS INFORMAÇÕES PODEM SER CONSULTADAS NO SITE WWW.CULTURA.BA.GOV.BR///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///