O Plano Estratégico elaborado por entes públicos sob a coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), para o desenvolvimento de ações entre 2017 e 2026, visando a erradicação e prevenção da Febre Aftosa, pode ser visualizado também nos canais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

São relatos detalhados de atividades a serem executadas em âmbitos municipal, estadual e nacional tendo em vista o fortalecimento do Serviço Veterinário Oficial além das interrelações com o setor privado, produtores rurais e agentes políticos.

Entre outras ações, o monitoramento e a revisão da organização geográfica integram o Plano Estratégico, cujo objetivo é criar e manter condições sustentáveis para garantir o status de país livre da febre aftosa e ampliar as zonas livres da doença sem vacinação, protegendo o patrimônio pecuário nacional e gerando benefícios aos atores envolvidos e à sociedade brasileira, alinhado com o código sanitário da Organização Mundial de Saúde Animal.

É fundamental que os produtores comuniquem à Adab a ocorrência de animais suspeitos em sua propriedade para evitar a disseminação da doença.

Para mais informações, clique no link.

Fonte: Ascom/Adab