Estudante sentada à mesa para realização de teste de coronavirus

Mais de 10 mil pessoas, entre estudantes, professores e servidores das escolas estaduais, deverão fazer o teste rápido para o novo Coronarívus, em Jequié. A testagem começou na segunda-feira (3) com professores e funcionários e, nesta quarta-feira (5), com os estudante, seguindo até o dia 14 de agosto. A iniciativa, que faz parte do protocolo para a tomada de decisões relacionadas à retomada do ano letivo, já foi realizada em Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca e também envolverá os municípios de Itabuna e Ilhéus.

Os estudantes das 13 escolas e dos quatro anexos de Jequié estão sendo atendidos através de uma escala organizada por turmas, na própria unidade escolar na qual estão matriculados, com o intuito de evitar aglomeração.  A estudante Suzete de Souza, 22, do curso técnico em Administração, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Gestão e Tecnologia da Informação Régis Pacheco, atendeu logo o chamado da gestão escolar. “Tive todo o auxílio de prevenção contra a doença na hora de fazer o teste. O procedimento foi muito tranquilo e organizado. Fico grata a toda equipe por nos atender tão bem”.

O estudante Nícolas Chaves, 17, do Colégio Estadual Doutor Milton Santos, destacou a importância da testagem. “Acabei de fazer o meu teste, tomando todas as medidas de segurança e proteção contra a doença. É essencial este teste para que possamos ter o nosso próprio cuidado e, também, das nossas famílias”.

Quem também já fez o teste foi Neilton Santos, do curso técnico em Meio Ambiente, do Colégio Estadual de Jequié. “É importante que se faça o teste para identificar a positividade entre os estudantes. Caso tenha algum testado positivo, o estudante poderá buscar o tratamento de forma imediata sem contaminar outras pessoas. Além disso, o teste é gratuito e isso é muito bom”, disse.

Para a realização dos testes, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os testes estão sendo aplicados por equipes da Secretaria Municipal de Saúde, com acompanhamento dos gestores escolares e das equipes técnicas da Secretaria de Educação, do Núcleo Territorial de Educação (NTE) e do Núcleo Regional de Saúde da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).


Outros municípios

No município de Ilhéus serão testadas 12.327 pessoas, sendo 11.370 estudantes, 661 professores e 296 funcionários, localizados em 18 escolas, sendo quatro unidades indígenas. Já no município de Itabuna, a testagem acontecerá em 14 unidades escolares, contemplando 12.011 pessoas, sendo 11.224 estudantes, 580 professores e 207 funcionários. O período de testagem nestes municípios ainda será divulgado.

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado