Caprinocultura em Casa Nova
Foto: SDR

A família da agricultora Regiane Reis, que reside no Sítio Terra Seca, localizado a 18 quilômetros da sede do município de Casa Nova, é uma das que vêm obtendo bons resultados, a partir da execução de políticas públicas do Governo do Estado, como a da assistência técnica e extensão rural (Ater) para agricultores e agricultoras familiares. A ação é executada e coordenada pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

A agricultora é produtora de queijo de leite de cabra e recebeu o serviço de Ater, ofertado pelo governo estadual, por meio do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa), desde 2016. A chegada da assistência técnica coincidiu com o início do projeto de produção de queijo, época em que se produziam 50 quilos de queijo por mês. Hoje, o projeto se transformou na Queijaria da Nia, com uma produção mensal de 150 quilos, comercializados com vendas diretas aos consumidores, por encomenda, pelo valor R$ 32 cada quilo. A expectativa é iniciar a venda para mercados.

“A assistência técnica nos ajudou, orientando sobre como tratar os animais, o manejo da Caatinga e a utilização de produtos naturais. Fizemos várias reuniões e várias oficinas. Foi muito bom! O pessoal do Irpaa e de outros órgãos sempre estava aqui, trazendo ideias, inovações, novos conhecimentos e novas tecnologias”, destaca Regiane, que trabalha há 15 anos com a criação de caprinos, atividade desenvolvida juntamente com o marido e dois filhos, e que é a principal fonte de renda familiar.

A Queijaria da Nia é referência em Casa Nova. É também o primeiro empreendimento do município a receber a certificação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). “Hoje, nosso queijo está pronto para ir para o mercado, já com o selo”, ressalta a produtora, lembrando que já está em busca da certificação nacional, para que o produto possa ser comercializado também para outros estados.

Estratégia que gera resultados

A Ater, em articulação com outras políticas públicas voltadas para a agricultura familiar, tem o objetivo de promover a emancipação econômica e social desse importante segmento, responsável pela produção de cerca de 80% dos alimentos que chegam às mesas dos baianos.

A prestação dos serviços de Ater no estado é executada e coordenada pela Bahiater/SDR, em três modalidades: Direta, pelos técnicos da Bahiater; por técnicos de organizações sociais contratadas, por meio de Chamadas Públicas; ou ainda por convênios com prefeituras e consórcios públicos, com o apoio para a estruturar a ação nos municípios baianos. Atualmente, cerca de 81 mil famílias de agricultores recebem o serviço de Ater.

O Irpa é uma das organizações sociais contratadas, via Chamada Pública da Bahiater, para atuar na prestação do serviço de Ater. Até 2020, o Irpa atendeu 720 famílias, dessas aproximadamente 650 produtoras de caprinos e ovinos, dos municípios de Casa Nova, Sento Sé e Sobradinho. A ação foi executada em cinco eixos: Metodologias e Gestão de Ater; Agroecologia e Convivência com os Biomas; Economia Solidária; Políticas Públicas; e Gênero, Geração, Etnia e Povos e Comunidades Tradicionais.

Entre os conhecimentos adquiridos pelos agricultores está o de como produzir o iodo a partir de cascas de pau da Caatinga, para tratar enfermidades como a do umbigo do cabrito recém-nascido; controle de pragas e insetos; vacinação do rebanho e outras ações de manejo dos animais e da Caatinga.

Ação de Ater na Bahia

Em toda o estado, são inúmeras as experiências bem-sucedidas, desenvolvidas em propriedades de agricultores e agricultoras familiares, a partir da prestação de assistência técnica extensão rural (Ater) ofertada pelo governo estadual. Em diferentes climas e biomas, esse acompanhamento técnico vem qualificando a vida no campo, valorizando os saberes tradicionais e buscando alternativas que reduzem custos e viabilizam o trabalho no campo, com ampliação da produção, aumento da produtividade e, consequentemente, da renda dessas famílias.

Fonte: Ascom/SDR