Estudante passa por teste para Covid-19

Estudantes, professores e servidores dos colégios da rede estadual no Subúrbio Ferroviário, em Salvador, começaram a ser testados contra a Covid-19 nesta segunda-feira (31). A primeira escola a receber os profissionais da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) foi o Colégio Estadual Raymundo da Matta, no Lobato, com a presença do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues. Todas as unidades são higienizadas, com disponibilidade de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os testes realizados são do tipo PCR, padrão ouro na detecção do coronavírus, analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Jerônimo Rodrigues afirma que a meta é alcançar 100% dos alunos, professores e servidores dos colégios onde a testagem está sendo realizada. “A ação ajuda no planejamento de retorno, que ainda não tem data definida. As escolas estão sendo todas preparadas para a volta às aulas, com dispenser de álcool em gel, com as salas mais aeradas, com ventiladores. Os estudantes vão receber mais uma farda, para facilitar a higienização das roupas. Tudo isso compõe o nosso protocolo de retorno às aulas”. O secretário destaca que nenhum estado brasileiro tem uma data definida para volta às aulas. “Nós não vamos colocar os estudantes, professores e servidores em risco”.

Segundo Rodrigues, a testagem foi feita primeiramente nos municípios de Uruçuca, Itajuípe e Ipiaú. “Naquele momento, o critério de seleção foi quantidade de pessoas infectadas naquelas cidades, que estava acima de 1%, e, na comunidade escolar, a proporção de infectados chegou a 6%, tendo um dos Municípios chegado a 13%”. O segundo bloco de municípios atendidos foi formado por Jequié, Itabuna e Ilhéus. “A taxa de contaminação foi maior, de quase 25%, ou seja, um quarto da comunidade escolar estava infectada. Agora nós estamos começando em Salvador, pelo Subúrbio Ferroviário, pela concentração de escolas da Região, pois são 28 unidades”, afirmou o secretário.

Nesta primeira etapa, a testagem acontece em 12 escolas estaduais localizadas no subúrbio, com a previsão de alcançar uma comunidade escolar de 11.103 pessoas, sendo 10.392 estudantes, 224 funcionários e 487 professores. O procedimento será feito das 8h às 12h e das 14h às 18 horas.

De acordo com a programação, cada escola terá um dia para a testagem e cada gestão convocará a sua comunidade escolar, de modo a evitar aglomerações.

O primeiro estudante a ser testado no Subúrbio Ferroviário foi Kelvin Freitas, 16 anos, acompanhado da mãe, a pescadora Josenita de Freitas. “Eu fiquei muito satisfeita com a escola oferecendo este teste que nós não teríamos condições nem acesso para fazer. Eu tenho outro filho que é especial, e com o teste do Kelvin a gente fica tranquilo, sabe que ele não está levando o vírus para casa”, disse Josenita. O teste durou menos de um minuto. “Com o teste eu fico sabendo da minha saúde, como estão meus amigos, meus professores, então foi muito bom”, afirmou Kelvin.

Já o primeiro funcionário a ser testado foi o professor e secretário escolar Renivaldo Souto. “A testagem é importante sim, porque é uma forma de prevenção, de se descobrir se alguém está com o coronavírus. Vai ser um balizamento importante para a gente planejar a volta às aulas”.

Testagem

A testagem está sendo feita de forma centralizada nas escolas, denominadas de polos, nos bairros do Lobato, São João do Cabrito, Plataforma, Itacaranha e Alto da Terezinha. O objetivo é facilitar a ida dos estudantes, professores e funcionários para as unidades nos bairros onde estudam ou trabalham.  

Calendário de aplicação

– Nesta segunda (31) está sendo realizada a testagem da comunidade escolar do Colégio Estadual Raymundo Matta, escola-polo do Lobato. Esta unidade sediará a testagem das comunidades escolares dos colégios estaduais Ailton Pinto, no dia 1º de setembro; e do Dalva Matos, no dia 02 de setembro.  

– No dia 3 de setembro será realizada a testagem de estudantes, professores e funcionários do Colégio Estadual Tereza Helena Mata Pires, na própria unidade escolar.

– Nos dias 4 e 8 de setembro, será feita a testagem da comunidade escolar do CPM do Lobato, na própria unidade escolar.

– No dia 9 de setembro, será realizada a testagem da comunidade escolar do Colégio Estadual Aristides de Souza, escola-polo de São João do Cabrito e Plataforma. Esta unidade sediará a testagem da comunidade escolar do Bertholdo Cirilo, nos dias 10 e 11 de setembro; e do Colégio Estadual de Plataforma, no dia 14 de setembro.

– O Colégio Estadual Clériston Andrade será polo para os bairros de Itacaranha e Plataforma e testará nos dias 15, 16 e 17 de setembro a sua própria comunidade escolar; no dia 18 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Josias de Almeida Melo; e no dia 21 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza.  

– No Alto da Terezinha, haverá testagem apenas no Colégio Estadual Sara Violeta, que atenderá a sua própria comunidade escolar, nos dias 22 e 23 de setembro.

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais.



Repórter: Raul Rodrigues