Cuidar de quem cuida. Este é o objetivo do projeto de acolhimento virtual elaborado pelo serviço de psicologia do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador. A partir da próxima terça-feira (7), os profissionais de saúde da instituição receberão atendimento em grupo, por meio de plataformas online. A participação é voluntária e, caso deseje, o servidor pode interrompê-la a qualquer momento. 
"O serviço de psicologia do Hospital Geral Roberto Santos, atento às dificuldades e à privação de trocas e de acolhimento mútuo provocados pelo cenário atual de pandemia, elaborou o projeto como estratégia para oferecer suporte aos impactos gerados na saúde psíquica dos profissionais de saúde do HGRS”, explica a coordenadora do serviço de psicologia do HGRS, Lilian Novais. 
A ideia, de acordo com a psicóloga, é oferecer um espaço para acolher as demandas dos profissionais que estão no front de combate durante a pandemia da Covid-19, identificando o sofrimento psíquico, quando tensões, medos e incertezas estão amplificadas pelos efeitos de uma crise em escala mundial. “A escuta voltada para esses atores é um recurso indispensável a fim de favorecer a qualidade das relações interpessoais da díade profissional de saúde-usuário, minimizando possíveis efeitos iatrogênicos na assistência”, explica Lilian Novais, que complementa: “vamos oferecer escuta qualificada, mapear demandas e iniciar o suporte psicológico”.
Os encontros serão semanais, conforme cronograma a ser disponibilizado no momento da inscrição; interessados deverão se cadastrar por meio deste link. Já a modalidade de atendimento individual será realizada em parceria com o Serviço Integrado de Atendimento à Saúde do Trabalhador (Siast-HGRS); neste caso, é preciso agendar pelo telefone (71) 3103-8851.
A intervenção é aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Geral Roberto Santos, sob o Certificado de Apreciação Ética (CAAE) nº 31527220.1.0000.5028. Dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (71) 3117-7768.
Fonte: Ascom/HGRS