O Governo do Estado enviou, nesta sexta-feira (3), 201 mil máscaras de tecido e TNT para 28 municípios do interior da Bahia, além de três túneis de desinfecção, bolhas de contenção, álcool em gel e protetores faciais para hospitais em Amargosa, Jacobina e Paulo Afonso. A ação faz parte da força-tarefa coordenada pelas secretarias estaduais do Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (SDE).
“Esta é uma ação sistemática, que vem ocorrendo desde o início da pandemia do coronavírus, para abastecer os municípios com itens necessários para fortalecer a Saúde e o enfrentamento desta grave doença”, ressaltou o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro. Em Amargosa, o Túnel de Desinfecção desenvolvido pelo Senai Cimatec será implantado no Hospital Municipal, que também receberá três bolhas de contenção, 100 litros de álcool em gel, 50 protetores faciais de acrílico e 2 mil máscaras.
No município de Jacobina, o túnel vai funcionar no Hospital Regional Vicentina Goulart, que também recepcionará cinco bolhas de contenção, 50 litros de álcool em gel, 50 protetores faciais e 2 mil máscaras. Já o Hospital Municipal de Paulo Afonso passará a contar com o Túnel de Desinfecção, cinco bolhas de contenção e 30 protetores faciais.
Na região do Recôncavo, 70 mil máscaras serão entregues em Cabaceiras do Paraguaçu, Maragogipe, Salinas da Margarida, Santo Amaro, São Felipe, São Félix, Saubara e Varzedo. O município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), vai recepcionar 25 mil máscaras.
Já no Território de Identidades Vale do Jiquiriçá, 100 mil máscaras serão destinadas para Amargosa, Brejões, Cravolândia, Elísio Medrado, Irajuba, Itaquara, Jaguaquara, Lafaiete Coutinho, Laje, Milagres, Mutuípe, Nova Itarana, Planaltino, Santa Inês, São Miguel das Matas e Ubaíra.
As máscaras foram adquiridas junto a 603 associações, cooperativas e empresas habilitadas para a produção de mais de 11,4 milhões de unidades, em uma ação realizada em parceria entre a Seplan, SDE e Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).
Fonte: Ascom/Seplan