Mais de 70 mil passageiros que passaram pelas estações de metrô da Lapa e Pirajá tiveram suas temperaturas monitoradas entre a manhã de segunda-feira (1º) e às 19h desta quarta-feira (3). Cerca de 40 passageiros apresentaram temperatura igual ou superior a 37.8º e foram testados nas duas estações, sendo quatro positivos para covid-19 até o momento, detectados por meio de testes rápidos. Os resultados dos exames coletados em PCR, que confirma a causa da infecção, estão em análise na Secretaria da Saúde do Estado.

Para o presidente da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), entidade vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), Eduardo Copello, o número de 70 mil pessoas monitoradas é muito expressivo. “Os testes e as abordagens realizadas encontraram pessoas com o coronavírus, possibilitando o acesso destas pessoas aos Serviços de Saúde Pública e aos cuidados necessários. O serviço é muito importante para o combate da transmissão do coronavirus, assim como para o momento da retomada das atividades com maior segurança, pois o Metrô é um dos meios de transporte público mais importantes de Salvador e Lauro de Freitas”.

As câmeras integradas ao monitoramento da temperatura foram sugeridas e adquiridas pela Sesab, implantadas pela CTB, com o apoio da CCR Metrô Bahia, que disponibiliza as salas de primeiros socorros das duas estações para abordagem dos passageiros com maior privacidade. A partir da detecção do estado febril pelas câmeras, a equipe de agentes de saúde faz a abordagem dos possíveis passageiros contaminados com o coronavírus, e os encaminha para fazer o teste e as entrevistas de orientação. Dezesseis colaboradores, entre técnicos de enfermagem e de informática, estão trabalhando na ação.

Repórter: Raul Rodrigues