Com 2.726 cadastros, a Ferramenta Fique no Lar comemora dois meses no ar na Bahia e a presença em 254 municípios, que corresponde a 60,9% das cidades de todo o estado. A parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Econômico (SDE), de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e o Instituto Federal do Ceará (IFCE) – desenvolvedor da plataforma – tem sido fundamental para os pequenos e médios negócios neste período de pandemia.
“O sucesso da ferramenta e o alto número de cadastros devem-se ao constante trabalho de comunicação com os empreendedores mantida pela equipe do Fórum Regional Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (FPMPE). A interlocução é essencial para animar, incentivar e mostrar novas oportunidades de negócios no momento que as pessoas estão isoladas. O delivery cresceu muito, e se organizar para atender esse nicho é muito importante”, explica o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Fórum.
Salvador é responsável por 22,5% dos cadastros, com 615 estabelecimentos, seguida de Vitória da Conquista (68), Lauro de Freitas (57), Ilhéus (49) e Feira de Santana (47). Acesse: www.fiquenolar.ifce.edu.br
Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE)