A Bahia é o estado brasileiro com maior número de iniciativas participantes do 24º Concurso Inovação no Setor Público, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Dezessete projetos inscritos por servidores de diversos órgãos estaduais passaram pela primeira triagem do Comitê Gestor do concurso e estão concorrendo nas modalidades Inovação em Serviços ou Políticas Públicas (voltada para os poderes executivos estaduais, municipais e distrital) e Inovação em Processos Organizacionais, que contempla também o poder executivo federal. Além disso, um projeto da Secretaria Municipal de Saúde de Salvador está concorrendo na primeira modalidade.

"A participação expressiva da Bahia (e particularmente do governo estadual) em mais este concurso da Enap é uma amostra do fomento que o nosso Estado vem dando à  inovação e de nosso protagonismo nesta área", acredita Elba Andrade, coordenadora do Centro Internacional de Inovação e Intercâmbio em Administração Pública (CIIIAP), vinculado à Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb).

Elba conta que desde que a premiação da ENAP passou a contemplar iniciativas dos poderes executivos estaduais, os projetos do governo baiano têm obtido destaque anual. Em 2017,  foram premiados pelo concurso os projetos Software Banco de Preços, da Saeb, e Paz Judicial, da PGE. Em 2018, foi a vez do Programa de Instrutoria Interna, da Saeb, ficar entre os ganhadores.  Já em 2019, o projeto Mídia Digital Sacada, da mesma secretaria, esteve entre os dez finalistas da categoria Inovação em Processos Organizacionais, Serviços ou Políticas públicas no Poder Executivo Estatual/Distrital.

Selecionados – A lista dos órgãos estaduais que tiveram seus projetos  validados para concorrer ao concurso este ano inclui as secretarias de Saúde (seis trabalhos), Administração (cinco) e Educação (três), além de Polícia Militar, Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodeb). Entre as iniciativas selecionadas há desde cases de implantação de soluções digitais como o software RH Bahia e o  SAC Digital até projetos de áreas como estágio, assistência estudantil (Mais Futuro),  ressocialização pelo trabalho e confecção de órteses de baixo custo.

Promovido anualmente, desde 1996, o Concurso Inovação valoriza as equipes de servidores públicos que se dedicam a repensar atividades cotidianas, por meio de pequenas ou grandes inovações, que geram melhoria na gestão das organizações e políticas públicas e contribuem para o aumento da qualidade dos serviços prestados à população, tornando mais eficientes as respostas do Estado às demandas da sociedade.

Após esta primeira triagem, as práticas inovadoras serão submetidas a uma avaliação realizada por especialistas em inovação e gestão pública, que indicarão até seis iniciativas em cada categoria do concurso. Por último, na etapa de avaliação final, um representante de cada projeto finalista fará a  apresentação oral da sua inovação para o Comitê Julgador do concurso, que selecionará até três iniciativas premiadas em cada categoria.
Fonte: Ascom/ Saeb