Dez mil pistolas da marca Glock foram entregues, nesta quinta-feira (7), às polícias Militar, Civil, Técnica e ao Corpo de Bombeiros, pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, em solenidade simbólica realizada na Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), em Salvador. A entrega não reuniu servidores, apenas representantes de cada órgão que recebeu o equipamento, para não haver aglomeração e evitar a propagação da Covid-19. Na ocasião, também foram entregues seis novas viaturas, sendo quatro para a Ronda Maria da Penha, uma para a Ronda Escolar e outra para o Batalhão de Polícia Rodoviária.
Segundo Barbosa, o investimento de R$ 20,8 milhões na compra das pistolas tem o objetivo de combater a criminalidade. “É um dia muito especial para a segurança pública em geral, pois conseguimos entregar uma das pistolas consideradas mais seguras do mundo para equipar as nossas forças de segurança. Foi um longo processo para a conclusão da compra e agradecemos ao governador Rui Costa pelo recurso. A Bahia é pioneira na aquisição de um lote deste tamanho com recursos próprios".
O secretário disse que realizou uma visita à fábrica da Glock, na Áustria, onde verificou a qualidade e a durabilidade da arma e a linha de produção, além de testar o armamento. “Isso nos deu muita segurança para realizar a compra. A Polícia Militar está recebendo seis mil pistolas; a Polícia Civil e o DPT, cerca de 3,7 mil armas; e o Corpo de Bombeiros, 400. Esse é um primeiro passo para que esse armamento chegue a todo o nosso efetivo”. 
Barbosa acrescentou que a compra também tem como objetivo preservar vidas. “A intenção é preservar vidas e reduzir a criminalidade. Para isso buscamos o que há de melhor no mercado para oferecer aos nossos policiais”.
Repórter: Raul Rodrigues