Três túneis de desinfecção foram instalados nesta terça-feira (12), nos hospitais do Subúrbio, Ernesto Simões Filho e Martagão Gesteira, em Salvador. Com os equipamentos, as unidades passam a ofertar mais segurança para os profissionais de saúde que atendem pacientes diagnosticados com Covid-19. No total, oito hospitais da Bahia já contam com os túneis desenvolvidos pelo Senai-Cimatec. 
“Com os túneis de desinfecção, queremos levar mais segurança para quem está na linha de frente, atuando diretamente no combate ao novo Coronavírus. Túneis já estão implantados também no Instituto Couto Maia, hospitais Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce, e Espanhol, em Salvador, além do Costa do Cacau, em Ilhéus, e Calixto Midlej Filho, em Itabuna. Outras unidades hospitalares da Bahia também receberão o equipamento”, explicou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.
Seis desses túneis instalados foram adquiridos pelo Governo do Estado. As unidades implantadas nos hospitais Santo Antônio e Martagão Gesteira foram entregues pelo próprio Senai-Cimatec. Os túneis possuem formato de um corredor de 2,5 metros, pelo qual o profissional de saúde passa ao final do expediente, antes da retirada do Equipamento de Proteção Individual (EPI), para desinfecção. Cada equipamento possui estrutura de alumínio, com tubulação de PVC, uma bomba de alta pressão e bicos aspersores que fazem o processo de nebulização de uma solução de hipoclorito.
Os equipamentos foram desenvolvidos sob a supervisão do infectologista Roberto Badaró, pesquisador chefe do Instituto de Tecnologia da Saúde do Senai Cimatec. “A gente sabe que na contaminação do profissional da área da saúde, cerca de 50% ocorre não no contato com o paciente, mas quando ele vai se desparamentar. Ao passar pelo túnel de desinfecção e receber o spray, o profissional pode retirar estes equipamentos de proteção individual sem risco de contaminação”, afirmou Badaró.
O Hospital Ernesto Simões Filho possui 80 leitos de terapia intensiva (UTI) e 60 de internação, sendo exclusivo para atendimento a paciente diagnosticados com Covid-19, que são encaminhados por meio da Central Estadual de Regulação. A diretora geral da unidade, Cristiana Maria Brito França, destacou que o equipamento vai dar mais tranquilidade para os profissionais. “O túnel vai trazer mais segurança para todos os profissionais de saúde no momento da retirada dos equipamentos de proteção individual, para que eles trabalhem de uma maneira mais tranquila”, disse. 
Fundado há 55 anos, o Hospital Martagão Gesteira é o maior hospital exclusivamente pediátrico do Norte e Nordeste. Por ano, são atendidas 80 mil crianças de todo o estado e mais de 500 mil atendimentos são realizados. Atualmente, o hospital passou a atender também crianças com covid-19. “Essa pandemia tem sido um desafio para toda a humanidade. Seu enfrentamento exige a união de todos. Esse gesto do Senai Cimatec é a prova material de que estamos no caminho certo. Deveremos vencer esse desafio”, ressaltou o presidente da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (mantenedora do Martagão), Carlos Emanuel Melo.
Já o Hospital do Subúrbio possui 58 leitos de UTI, que estão sendo abertos de forma progressiva. Para colocar esses leitos em funcionamento, foram investidos mais de R$ 2,4 milhões. Na área externa da unidade está em fase de finalização a tenda do hospital de campanha que irá abrigar 60 leitos de UTI.
Fonte: Ascom/Seplan