A partir da próxima terça-feira (12), os hospitais estaduais localizados nos municípios de Ilhéus, Feira de Santana, Juazeiro e Porto Seguro farão o atendimento apenas de modo referenciado. Isso significa que as unidades receberão somente pacientes regulados pelo Samu ou pela Central Estadual a partir de outros hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de todo o estado. Demandas que não representem risco de morte devem buscar atendimento em uma Unidade Básica de Saúde ou uma UPA.
Além de continuarem prestando assistência na área de clínica e em diversas especialidades, os hospitais terão alas exclusivas para o atendimento a pacientes com suspeita e diagnóstico positivo de coronavírus (Covid-19). Atualmente, 90 leitos já estão dedicados a Covid-19 nas quatro unidades. Somente o Hospital Costa do Cacau (Ilhéus) possui 28 leitos, enquanto o Hospital Regional de Juazeiro contabiliza 39 vagas. Já o Hospital Regional Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, está com 13 leitos, sendo 10 de UTI, e o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, dedicou inicialmente 10 leitos de UTI. 
A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ressalta que progressivamente novos leitos clínicos e de UTI serão implantados nessas unidades, bem como todas as medidas de segurança serão adotadas para que pacientes com outros problemas de saúde não tenham contato com os casos suspeitos de Covid-19.
Fonte: Ascom/Sesab