A água é um recurso natural indispensável, especialmente neste momento em que o mundo luta contra a Covid-19. O Bahia Produtiva, projeto do Governo do Estado, segue trabalhando para levar às comunidades rurais da Bahia, além de investimentos produtivos, o apoio à gestão e o acesso a água de qualidade.
Com esse objetivo, serão implantados 35 sistemas de abastecimento de água e 1,2 mil sanitários domiciliares, nas áreas de abrangência das Centrais de Associações Comunitárias, na região de Seabra e Jacobina. Um investimento de R$ 29,2 milhões, que vai beneficiar 24 mil pessoas em 13 municípios.
A ordem de serviço foi assinada pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e será executado em parceria com Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS).
Serão beneficiadas comunidades rurais dos municípios de Campo Formoso, Itiúba, Mirangaba, Umburanas, Ourolândia, Senhor do Bonfim, Bonito, Iraquara, Novo Horizonte, Palmeira, Piatã, Utinga e Seabra.
O coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, destaca que as ações de implantação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário são de extrema importância neste momento de pandemia. “Esses investimentos têm um impacto bastante positivo na saúde da população rural das localidades atendidas. A população, gozando de boa saúde, adquire maior resistência para enfrentar diversas doenças, entre elas a Covid-19”.
O Bahia Produtiva é executado pela CAR/SDR, por meio de acordo de empréstimo firmado entre o Governo do Estado e o Banco Mundial, e atua nos 417 municípios da Bahia.
Fonte: Ascom/SDR